Membros da Mesa-Redonda e Funcionários

Reverenda Mari Castellanos, Membro da Mesa-Redonda e Co-fundadora

Mari Castellanos serviu na Igreja Unida de Cristo como defensora de políticas para assuntos domésticos no Escritório de Justiça de Washington e Ministérios das Testemunhas de Jeová. Antes de responder a esse chamado, ela serviu em uma congregação local. Em Washington, ela se concentrou em diferentes áreas de interesse legislativo, incluindo a imigração e as mudanças climáticas.

Ela concluiu seus estudos no Centro de Estudos Teológicos da Flórida, onde obteve seu doutorado em administração pública, e, pela Universidade Barry, em Miami, recebeu o mestrado em teologia. O seu trabalho de doutoramento centrou-se no desenvolvimento de um instituto de estudos multiculturais para ministros pastorais.

Carolina Alcoser Ramos, Membro da Mesa-Redonda

Carolina Alcoser Ramos nasceu em San Diego e atualmente trabalha como diretora de treinamento e chefe de departamento de diversidade no Centro Comunitário SD LGBT. Atualmente, serve no Conselho de Consultoria LGBT do Xerife, e no Comitê de Consultoria LGBT da prefeitura de San Diego. Atuou também na Comissão de Relações Humanas e anteriormente trabalhou como diretora regional da Bienestar Human Services. Trabalhou como defensora contra violência doméstica para o Programa de Violência Familiar do Palomar Pomerado Health System, trabalhando principalmente com mulheres imigrantes.

Carolina Alcoser Ramos ainda trabalhou como gerente de casos para a juventude desabrigada G.L.B.T no Centro de Gays e Lésbicas de L.A. Por 9 anos, trabalhou no Polinski Children’s Center com crianças abusadas e abandonadas.

Procurando melhorar as condições para as crianças com pais gays e lésbicas, ela fundou o Moms & Me N Dads Too, em 1991. Ela participou do Comitê do Superintendente sobre Educação L.G.B.T. do Distrito Escolar Unificado de San Diego. Além disso, realizou treinamentos de capacitação para
a sensibilização sobre questões L.G.B.T. para o Departamento de Serviços Sociais do Condado de San Diego e foi uma palestrante frequente sobre questões L.G.B.T. em escolas, universidades e bases militares em San Diego. Foi voluntária do Projeto AIDS San Diego, PACTO Latino, CHAC e AIDS Walk.

Carla Roland Guzmán, Co-presidente

Reverenda Carla Roland Guzmán cresceu em Porto Rico e foi ordenada na Igreja Episcopal. Ela serve a uma congregação inclusiva, bilíngue e multicultural em Nova York.

Reverenda Roland possui bacharelado em engenharia pela Universidade de Cornell; mestrado em divindade pela Church Divinity School of the Pacific; mestrado em história da Igreja pela Graduate Theological Union. Atualmente, está terminando seu PhD em teologia na Universidade de Exeter (Reino Unido) e no Seminário de Hartford.

No início da década de 1990, ela esteve envolvida com a comunidade LGBTQ+ da Universidade de Cornell e o trabalho realizado na época levou à criação do Centro de Recursos LGBTQ+, um dos primeiros do país. Recentemente, esteve por um ano no conselho da Universidade Cornell GALA.

Seus interesses atuais incluem trazer as vozes das diferentes etnias para instituições LGBTQ+, bem como, trazer vozes LGBTQ+ para a comunidade Latina/Hispânica, incluindo igrejas.

Ela é membro da “Mesa Redonda CLGS Latino/a/x: Fé, Família, Igualdade” desde a sua criação.

Reverendo Floren”Tino”Cordova, Co-presidente

Reverendo Floren”Tino”Cordova, mestre em divindade., BA, CSR, CIPS: foi ordenado através da denominação de igrejas da Comunidade Metropolitana e duplamente afiliado à Igreja Cristã (Discípulos de Cristo). Ele atualmente serve como pastor interino da Primeira Igreja Cristã (Discípulos de Cristo) em Watsonville, Califórnia. Ele também é capacitador da Campanha de Direitos Humanos – “A La Familia“, ex-membro do Conselho de Igrejas do Norte da Califórnia -Conselho de Impacto e membro do ALPHA que é um ministério hispânico da Igreja Cristã (Discípulos de Cristo) na Conferência do Norte da Califórnia/Nevada.

Ele é o 11º filho, nascido em Tucumcari, Novo México e foi criado na tradição de fé católica romana, sendo que seu primeiro contato com a religião foi cantando antigos hinos da Igreja Espanhola com sua mãe. Enquanto criança, ele lutou contra ser gay porque sentia uma tensão entre sua atração por outros meninos e o que estava sendo ensinado a ele na igreja. Além disso, ele não tinha o vocabulário para expressar o que estava sentindo, porque esses tópicos eram tabu em sua igreja e cultura. Mas ele aprendeu que ser gay é quem ele é e que Deus o criou assim – não um erro, não um pecado.

Seu trabalho atual em Watsonville inclui a criação de uma comunidade de fé que cure as divisões de racismo entre vizinhos e incentive a reconciliação e os ministérios de justiça, engajando a juventude e aprendendo a viver no status de igreja aberta e afirmativa. Eles estão em parceria com outras congregações, construindo relacionamentos com líderes comunitários centrais, departamentos de polícia e introduzindo programas como o Teatro del Espiritu-Teatro do Espírito para que os jovens possam trazer as verdades de suas experiências através da expressão artística. A igreja está se esforçando, mais uma vez, para ser uma igreja que é “parte” da comunidade, não “à parte” da comunidade.

Em suas próprias palavras, “eu me empenho em não repetir os erros da igreja de meus antepassados, para não ficar em silêncio ou complacente em meio às injustiças e conduzir a comunidade corajosamente como uma comunidade que lute por e celebre todos os homens. A velha e cansada igreja da opressão deve e, eventualmente, irá morrer, à medida em que a nova igreja de justiça esteja disposta a assumir um novo papel, corajoso e diferente, como uma igreja justa para todas as pessoas”.

Elba Goostree, Membro da Mesa-redonda

Elba Goostree nasceu e cresceu na área da baía de São Francisco. Ela obteve seu bacharelado em estudos bíblicos na Patten University e completou seu mestrado em teologia sistemática e filosófica na Graduate Theological Union em Berkeley. Ela é profundamente apaixonada pelas intersecções entre identidades queer, religião e raça.

Elba é atualmente gerente de comunicações e desenvolvimento da Contra Costa Interfaith Housing, uma organização que fornece moradia permanente e acessível e serviços de apoio vital para famílias sem-teto e em risco no Condado de Contra Costa.

Reverend Rosa Frias, Membro da Mesa-redonda

A reverenda Rosa Frias é a pastora sênior da Primeira Igreja Unida de Cristo em Joliet, Illinois. Nascida e criada na República Dominicana, ela conseguiu realizar seu sonho de vir para os Estados Unidos e se tornar uma profissional educada que consistentemente oferece retorno à sua comunidade. Rosa é a co-fundadora da Come and Grow Social Services Inc., uma assistente social em tempo integral no o estado de Illinois, e ministros em estreita parceria com seu marido Miguel Frias, um sacerdote aposentado Episcopal. A Reverenda Rosa Frias recebeu seu mestrado em divindade do Seminário Teológico McCormick e seu mestrado em trabalho social da Universidade Aurora. Suas paixões incluem ensinar seus filhos como cozinhar os alimentos deliciosos da República Dominicana, viajar com sua família, e passar tempo de qualidade com sua doce poodle Sylvia.

Reverend Rhina Ramos, Membro da Mesa-redonda

Reverenda Rhina Ramos nasceu em El Salvador e chegou aos Estados Unidos aos 14 anos. Desde muito cedo, Rhina aprendeu que lutar pela justiça é uma luta para toda a vida. Sendo uma imigrante, Rhina experimentou em primeira mão a dor da invisibilidade. Sua vida profissional inclui ser uma advogada de direitos trabalhistas e uma organizadora e capacitadora de justiça social. Impulsionada pelo seu sonho e paixão de lutar pela justiça social, Rhina se formou na Hofstra University School of Law, em 1995. Dirigiu o departamento jurídico de um centro de trabalhadores em Long Island, Nova Iorque, pelo qual sua equipe recuperou mais de meio milhão de dólares em salários não pagos e benefícios devidos aos trabalhadores imigrantes. Durante seus 20 anos de no setor de trabalhos sem fins lucrativos, trabalhou incansavelmente pela justiça educacional, acabando com o encarceramento em massa de pessoas negras e latinas, pelos direitos trabalhistas, direitos dos imigrantes, pela prevenção da violência doméstica, justiça ambiental e solidariedade internacional. Ela tem um mestrado em divindade pela Escola de Religião do Pacífico em Berkeley. Rhina tornou-se uma ministra ordenada pela Igreja Unida de Cristo (UCC) em maio de 2012. Em dezembro de 2011, ela criou e ainda lidera o primeiro Latinx Immigrant Open and Affirming LGBTQ UCC congregação do Norte da Califórnia. Atualmente, atua no conselho de administração da ALDES (Assistência Jurídica para a Diversidade Sexual em El Salvador).